Ferramentas e Conceitos

Sua referência em gestão estratégica, inteligência e competitividade

Palestras

Palestrar não é tão difícil quanto parece. Parece óbvio mas é bom lembrar: todo mundo começou sem experiência nenhuma! Só o que se precisa é entender o conceito, planejar um pouco e ir lá.

Uma palestra é a exposição de um tema para uma platéia.
Diferente de uma reunião (onde várias pessoas participam e contribuem igualmente), uma palestra tem o palestrante como autoridade no assunto.

Dividi as atividades principais em 5 etapas, sendo as quatro primeiras de preparação:

1. Planejamento

Normalmente somos convidados a dar uma palestra. Nesse caso, estas são as primeiras perguntas a serem respondidas, muitas vezes ainda na primeira reunião ou ligação telefônica.

  • Definir o assunto que será abordado
  • Definir o que será apresentado, dentro do assunto escolhido
  • Definir qual o tipo da abordagem: Informativa, Persuasiva ou Motivacional
  • Definir a mensagem da palestra (Pense: o que eu quero que cada um leve do que apresentei quando sair daqui?)

Desde que o objetivo principal seja atingido, temos um pouco mais de liberdade na definição da mensagem da palestra. Isto pode ser usado a seu favor então pense bem, gaste algum tempo nisso. Você quer tocar o sentimento de cada um ou só deixar uma informação? É algo que vai deixar que vai permitir que as pessoas reflitam e construam o próprio conhecimento? Tente resumir em uma frase.

2. Estudo do público alvo

Tem que conhecer! Como é que você prepara uma mensagem sem saber se está falando para um presidente, um boy, um médico, um empregado doméstico… cada pessoa é única e cada um tem seus próprios interesses para estar ali.

Pense: o que motivou aquela pessoa para reservar o tempo dela para ir me ver? É essencial respeitar as pessoas e o tempo delas.

  • Para quantas pessoas irei palestrar
  • Qual o nível cultural
  • Qual a faixa etária
  • De onde são as pessoas (empresas, estados ou países)
  • Se há alguma crença comum (pode ser religiosa, algo cultural muito forte ou um regionalismo)

3. Estudo do ambiente

Isso já vem com a experiência. Quem já viu de tudo (como eu) sabe que aparece cada coisa pela frente… não parta do princípio que vai ter um computador com powerpoint, um projetor e uma tela prontos te esperando.

Pode ser que não tenha nada, só um caixote de madeira para que você suba e comece a palestrar. Preparado pra esse cenário? E se o projetor falhar? Você sabe realmente, de cabeça, o assunto para conseguir terminar e ainda ganhar aplausos? Temos que saber trabalhar na adversidade também! Nem vou citar problemas de microfone…

Uma dica é: sempre tenham algo de backup. Pode ser uma história pra ganhar tempo, ou um flipchart para que possam desenhar um gráfico que estaria nos slides da apresentação.

  • Iluminação
  • Ruidos
  • Voltagem
  • Acesso
  • Internet
  • Computador
  • Microfones

 

  • Se será filmado
  • Disposição da platéia
  • Sonorização
  • Quantidade de tomadas
  • Quadro branco
  • Flipchart
  • Banners

4. Preparação da apresentação

  • Definir o objetivo (se não ficou bem delineado no planejamento, essa é a hora!)
  • Brainstorming (como você vai trabalhar cada tema? Imagens, vídeos, filmes, uma palavra, uma dinâmica?)
  • Agrupar as informações semelhantes (por assunto, para facilitar o entendimento de todos)
  • Ordenar as informações para a apresentação
  • Eliminar (oculte, você pode precisar disso depois ou em outra palestra) as informações menos importantes (para adequar ao tempo disponível para a palestra)

5. A palestra

A primeira vez nunca é fácil, então não vou falar tudo ou todas as dicas. Ninguém se lembraria de uma lista tão grande. Vou deixar o essencial, três coisas, para que tenham uma experiência excelente:

  • Relaxe e divirta-se, palestrar não é chato! Se imagine ajudando um amigo que não tem experiência em algo é que é a sua praia. Mas mantenha a postura de palestrante no palco.
  • Desenvolva o tema como uma história sendo contada. Tem que ter início, meio e fim. E no início, bem no início, comece despertando o interesse com uma pergunta, um problema que vai ser trabalhado durante a palestra para que no final apresente a solução.
  • Feche com um resumo do que foi falado, agradeça o tempo da sua platéia, quem te convidou e não se esqueça de ter um call to action. Qual era o objetivo da palestra mesmo? Não deixe isso passar despercebido! Que todos saiam com o porque de estarem alí fresco na cabeça.

Conteúdo Relacionado

Colaboração

Ao invés de listar várias ferramentas e fazer avaliações, vou apresentar as principais que utilizo para que não percam tempo. Armazenamento e Compartilhamento de Arquivos Dropbox Google Docs Colaboração e Reuniões Remotas Google Hangouts Slack Tanto o Dropbox quanto o...

read more

Reuniões

Vamos falar a verdade: pouca gente no Brasil faz reuniões úteis e realmente produtivas. As pessoas entram e saem de reuniões, perdem tempo e muitas vezes nem sabem pra que estavam lá. Ou então fazem reuniões, se registra um monte de coisas em uma ata mas... quem é que...

read more

Apresentação de Projetos

O que não é uma apresentação de projetos: Não é uma apresentação academica Não é uma palestra Não é uma aula Uma apresentação de projetos é uma venda, tem como objetivo resolver um problema, apresentar soluções. Você deve usar a informação (que são dados que foram...

read more