Ferramentas e Conceitos

Sua referência em gestão estratégica, inteligência e competitividade

Conceitos de Finanças

Cash Flow

Fluxo de caixa é o fluxo de dinheiro (todas as entradas e saídas) no caixa do projeto (ou da empresa) ao longo do tempo.

Present Value

Valor presente (PV) é o valor atual (na data de hoje) de fluxos de caixa futuros.

Como, por exemplo, R$ 100,00 hoje vale mais que os mesmos R$ 100,00 daqui a 5 anos (por causa de vários fatores, como a inflação), um fator redutor é aplicado para reduzir fluxos de caixa futuros para o valor presente.

Quanto mais distante no tempo estiver o fluxo de caixa que traremos a valor presente, menor será o valor presente deste fluxo de caixa.

Net Present Value

O valor presente líquido (NPV) é a diferença dos benefícios futuros (retorno ou entrada de dinheiro), trazidos a valor presente, e do o custo do investimento inicial.

Para uma tomada de decisão se o projeto é viável ou não, quanto maior o NPV melhor.

Internal Rate of Return

A taxa interna de retorno (IRR) é a taxa de desconto (taxa de juros, usada para reduzir os fluxos de caixa a valor presente) em que o valor presente dos custos/despesas é igual ao valor presente dos benefícios/retornos dos investimentos.

Explicando de outra forma, a IRR é a taxa de desconto que faz com que o NPV seja zero.

Quanto maior o IRR, melhor.

Payback Period

O Payback é o tempo que se leva para recuperarmos o investimento de um projeto.

Portanto, quanto menor o payback, melhor.

Benefit Cost Ratio

A relação custo-benefício (BCR) é a razão dos benefícios/ganhos de um projeto e seus custos, expressos em valores presentes.

Portanto, quanto maiores os ganhos, maior o BCR.

Quanto maior o BCR, melhor.

Return on Investment

O retorno sobre investimento (RoI), é a relação do quanto se ganhou sobre o quanto se investiu.

Considerando um valor de investimento fixo, quanto mais se ganhou com o projeto, maior o ROI.

Portanto, quanto maior o ROI, melhor.

Opportunity Cost

Custo de oportunidade é o valor do maior benefício não obtido das possibilidades não escolhidas.

Supondo a seleção de um projeto entre vários, é o valor dos benefícios considerados do segundo colocado (que não foi selecionado). É, portanto o custo da opção escolhida, entendendo que a seleção do primeiro colocado impediu os benefícios do segundo que não foi escolhido, custo esse chamado de oportunidade.

Portanto, considerando um projeto A com NPV de R$ 170.000,00 e outro B de R$ 125.000,00, selecionando o projeto A em detrimento a B, o custo de oportunidade será de R$ 125.000,00, que é o NPV do projeto B.

Conteúdo Relacionado

Tributos

Impostos Federais Imposto sobre a Importação (II) Imposto sobre a Exportação (IE) Imposto sobre a Renda (IR) Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) Imposto Territorial Rural (ITR)   Impostos Estaduais Imposto sobre...

read more

Finanças

Quem não é administrador (como eu! :-)) nem trabalhou com isso, sabe que conceitos de finanças podem parecer um dialeto de aramaico arcaico. Apesar disso, é muito importante para qualquer gestor entender o que cada um dos conceitos significa. Entendimento é a palavra...

read more